O candidato deve comprovar a suficiência em uma língua para o mestrado e em duas para o doutorado (valendo exames realizados para o mestrado).

    Em relação à escolha das línguas, as áreas de concentração estabelecem o seguinte:

Estudos Linguísticos: para o mestrado, o inglês é obrigatório. Para o doutorado, faz-se necessário escolher uma segunda língua. A escolha dessa segunda língua será entre francês, alemão ou italiano. Se o candidato a doutorado tiver feito o mestrado em outra instituição e a prova de suficiência não tiver sido em inglês, ele terá, nessa ocasião, de escolher o inglês como a segunda língua, a fim de atender o requisito.

(i)  Os candidatos ao mestrado à linha de pesquisa de Alemão como Língua Estrangeira deverão comprovar proficiência em alemão, além da comprovação de suficiência em inglês, como descrito acima. O grau de proficiência em alemão será avaliado na prova escrita e na entrevista.

(ii) Os candidatos ao mestrado à linha de pesquisa “Linguagens, culturas e identidades: ensino e aprendizagem” interessados no acordo bi-lateral com a Universidade Stendhal Grenoble 3 deverão apresentar certificado de língua francesa de nível B2 na opção FLE (Francês como Língua Estrangeira) e B1 na opção DILIPEM (Didática das Línguas e Engenharia Pedagógica Multimídia) , conforme notação da Certificação do Quadro Europeu Comum de Referência para Ensino e Aprendizagem de Línguas (CEFR) .

Estudos Literários: para o mestrado, o candidato deve comprovar suficiência em uma língua dentre as estabelecidas: inglês, francês, alemão, italiano ou espanhol. Para o doutorado, deverá comprovar suficiência em uma segunda língua dentre as estabelecidas (valendo, como primeira língua estrangeira, o exame realizado para o mestrado).

  1. Os candidatos ao mestrado em Estudos Literários interessados no acordo bi-lateral com a Universidade de Lyon II podem escolher qualquer uma das três linhas de pesquisa da Área e deverão apresentar certificado de língua francesa de nível B2, conforme notação da Certificação do Quadro Europeu Comum de Referência para Ensino e Aprendizagem de Línguas (CEFR) .

    O Programa não se responsabilizará pelo exame de suficiência em língua estrangeira. Serão aceitos certificados de suficiência ou proficiência emitidos pelo Núcleo de Concursos da UFPR, por Programas de Pós-Graduação reconhecidos pela Capes ou por outras instituições competentes. Os candidatos a doutorado que fizeram mestrado em Letras na UFPR devem reapresentar o certificado. Casos omissos serão resolvidos pelo Colegiado.

    O resultado da homologação das certificações de suficiência será publicado em edital na data firmada no cronograma acima.

    Candidatos que não apresentarem certificação de suficiência no ato de inscrição ou que tenham suas certificações indeferidas pelo Colegiado estarão eliminados do processo seletivo.

    Candidatos cujas certificações de suficiência em língua estrangeira forem homologadas pelo Colegiado passarão à etapa seguinte do processo seletivo.